share

COMPARTILHAR

15 de August de 2017

#Juventude

Jovens do Mirim tomam posse no Conselho de Juventude do Recife

Nina Moura, 19, e Filipe Antonio Araujo, 25, jovens militantes do Mirim Brasil, tomaram posse no dia 14 de agosto no Conselho de Políticas Públicas de Juventude do Recife, para um mandato de dois anos (2017-2019). Eles foram eleitos como conselheiros no começo de junho. 

A solenidade de posse foi realizada no Paço do Frevo, no Bairro do Recife. Nina e Filipe passam a ocupar duas das 16 vagas do conselho destinadas a representantes da sociedade civil. Ao todo, o comitê é formado por 25 membros titulares e 25 suplentes. Das cadeiras, oito são ocupadas pela Prefeitura do Recife e uma pela Câmara de Vereadores.

Nina, Filipe e os demais integrantes do conselho terão como missão principal monitorar de perto a implementação do primeiro Plano Municipal de Juventude do Recife. 

“Me comprometo publicamente a representar as diversas juventudes, a trazer as vozes de movimentos sociais, das organizações sociais, da sociedade civil organizada para esse conselho. É extremamente importante que os jovens participem cada dia mais ativamente da política, lutando pelos seus direitos para que eles sejam garantidos”, afirmou Nina.

“Vamos fazer políticas públicas da juventude, com as juventudes e para as juventudes. Nossa meta vai ser tanto o acompanhamento do Plano Municipal de Juventude e a sua implementação, quanto a inserção dos jovens na política. Nós queremos a participação de mais jovens na política para que os jovens tomem as suas próprias decisões e façam desse município um lugar melhor para toda a população”, declarou Filipe.

De acordo com a presidenta do Mirim Brasil, Sylvia Siqueira Campos, foi a primeira vez que a entidade se candidatou para fazer parte do conselho. "Nosso foco sempre foi mais organização de jovens, incidência em processos nacionais e internacionais de juventude. Mas em 2013 decidimos incidir em políticas públicas de juventude no Recife, em formação de jovens para liderar o Mirim, na participação em conferências e contribuição ao plano municipal". 

Plano Municipal de Juventude do Recife

O plano municipal foi transformado em lei e sancionado pelo poder executivo municipal em dezembro de 2016. O documento foi elaborado por um grupo de trabalho, do qual o Mirim Brasil fez parte junto com diversas outras organizações, pela Secretaria Municipal de Juventude e Qualificação Profissional e pelo Conselho Municipal de Políticas Públicas de Juventude.

O plano determina, para os próximos dez anos, diretrizes que devem orientar as ações da Prefeitura do Recife voltadas para as juventudes da cidade. O documento está organizado em dois macro-vetores: vivência juvenil e transição para a vida adulta.

O plano também reforça os direitos da juventude no Brasil, como educação, saúde profissionalização, trabalho, diversidade, igualdade, cultura, lazer, cidadania, participação social e política, comunicação, liberdade de expressão, mobilidade, direito à segurança pública e à Justiça.